Guerra do Velho e a homenagem de John Scalzi

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Resenha de Guerra do Velho, do John Scalzi - Pipoca Musical
COMPRE O SEU: Amazon | Submarino | Americanas

Guerra do Velho é um livro de ficção científica escrito pelo americano John Scalzi, pouco conhecido pelo Brasil, mas autor e responsável por algumas das grandes e mais conceituadas leituras do gênero na literatura americana.

Pra quem ainda não leu ou ouvir falar dele, que é um dos lançamentos mais recentes no catálogo da Editora Aleph, vou tentar colocar em tópicos as melhores características e alguns dos motivos para você ler esse livro.

Resenha de Guerra do Velho, do John Scalzi - Pipoca Musical

O livro

Na história de Guerra do Velho, somos levados pela narrativa de John Perry, um americano que anos após a morte da sua esposa, e completados os seus 75 anos de idade, decide se alistar às Forças Coloniais de Defesa, o exército que mantém a guerra distante dos terráqueos e colonos espalhados pelo resto do universo.

Resenha de Guerra do Velho, do John Scalzi - Pipoca Musical

No meu aniversário de 75 anos fiz duas coisas: visitei o túmulo da minha esposa, depois entrei para o exército.

O livro foi lançado lá fora, nos Estados Unidos, em 2005 e logo ganhou as sequências “The Ghost Brigades” (2006), “The Last Colony” (2007), “Zoe’s Tale” (2008), “The Human Division” (2013) e “The End of All Things” (2015). Todos os livros citados aqui fazem parte do mesmo universo de Guerra do Velho mas, infelizmente, sem data de lançamento para os brasileiros.

Resenha de Guerra do Velho e Tropas Estelares - Pipoca Musical

Guerra do Velho vs. Tropas Estelares

Se você notou alguma semelhança entre o romance de John Scalzi e Tropas Estelares, escrito em 1959 por Robert A. Heinlein, não está enganado. Ambos os livros possuem uma narrativa em primeira pessoa e falam sobre um futuro onde a força militar espacial é essencial para a proteção da Terra e outros planetas. Vale ressaltar que, em ambos os livros, o alistamento é opcional.

Em Tropas Estelares o alistamento é feito a partir dos 18 anos e o recruta recebe a função de acordo com o QI e habilidades especiais enquanto em Guerra do Velho o alistamento só pode ser realizado aos 65 anos e oficializado dez anos depois.

Resenha de Guerra do Velho e Tropas Estelares - Pipoca Musical

Diferente do que possa parecer, Guerra do Velho se assemelha a uma homenagem a Heinlein, e mostra de uma maneira mais simplificada, leve e sarcástica, a entrada de John Perry para às Forças Coloniais de Defesa.

Enquanto, em Guerra do Velho, temos uma visão mais ampla do que é se alistar e conviver junto destas forças militares, nos relacionamos com outros personagens e somos apresentados às novas e ultra melhoradas tecnologias desse futuro. Já em Tropas Estelares, temos uma experiência mais reduzida e que ao mesmo tempo é muito mais direcionada às complexas relações políticas, humanas e, principalmente, militares.

Resenha de Guerra do Velho, do John Scalzi - Pipoca Musical

Tecnologia

Para quem gosta de tecnologia, Guerra do Velho é um prato cheio! John Scalzi aplica conceitos, estudos e tecnologias atuais e os transforma em projetos melhorados e que, conforme o protagonista, são muito mais avançados e sofisticados dos encontrados na Terra.

De cara, somos apresentados ao Elevador Espacial, em Nairobi, uma espécie de Pé-de-Feijão que leva os recrutas para uma estação espacial a 53 mil quilômetros de distância da Terra. Ele é o primeiro cenário onde John Perry se relaciona com os demais personagem e descreve como é estar no espaço à caminho de uma guerra.

Resenha de Guerra do Velho e Tropas Estelares - Pipoca Musical

“Você selecionou Cuzão, escreveu o BrainPal™” e, mérito dele, soletrou a palavra corretamente. “Saiba que muitos recrutas já selecionaram esse nome. Gostaria de escolher outro nome?”. Não – eu disse e fiquei feliz por vários de meus colegas recrutas também terem esse sentimento.

Antes do treinamento militar – e diferente de Tropas Estelares, onde os militares recebem uma espécie de exoesqueleto robótico – os humanos de Guerra do Velho recebem, em seus corpos, melhorias desenvolvidas por meio de tecnologia alienígena que lhes concedem habilidades, tais como fator de cura rápida, velocidade e agilidades acima do normal, e um BrainPal™, uma espécie de assistente de voz integrado ao corpo.

O MU-35 é o rifle padrão das Forças Coloniais de Defesa e possui uma grande variedade de funções como diferentes projéteis, granadas, foguetes guiados, líquido inflamável e feixes de micro-ondas. Ele só pode ser utilizado pelo proprietário, pois possui um reconhecimento de digital e é diretamente interligado ao BrainPal™, tornando-o ainda mais eficaz e interativo. Tecnologia alienígena e de ponta.

Resenha de Guerra do Velho e Tropas Estelares - Pipoca Musical

Narrativa e Humor

Guerra do Velho tem uma narrativa em primeira pessoa, muito descontraída e dotada de um humor negro e sagaz. John Scalzi trabalha muito bem essa parte e faz com que o protagonista descreva e conte detalhes sobre outros personagens, raças alienígenas, ambientes e artefatos, para nós desconhecidos.

Em resumo, uma leitura muito boa para quem gosta de ficção científica, guerras interestelares e assuntos relacionados. Uma leitura rápida que prende o leitor do início ao fim e uma viagem exploratória por planetas, universos e tecnologias desconhecidas para nós, mas muito familiares nas palavras do autor.

Resenha de Guerra do Velho, do John Scalzi - Pipoca Musical

Os livros GUERRA DO VELHO e TROPAS ESTELARES foram cedidos pela Editora Aleph pela parceria com o Pipoca Musical. Acompanhe as novidades da editora nos canais:
Site | Facebook | Twitter | YouTube

a Rafflecopter giveaway

+ SOBRE GUERRA DO VELHO
Título: Guerra do Velho
Autor: John Scalzi
Editora: Aleph
Ano: 2016
Páginas: 368
Gênero: Ficção Científica
Compre: Amazon | Submarino | Americanas
Adicione: Skoob | Goodreads

+ SOBRE TROPAS ESTELARES
Título: Tropas Estelares
Autor: Robert A. Heinlein
Editora: Aleph
Ano: 2015
Páginas: 364
Gênero: Ficção Científica
Compre: Amazon | Submarino | Americanas
Adicione: Skoob | Goodreads

Deadpool: um filme para fã de quadrinhos

You’re probably thinking “This is a superhero movie, but that guy in the suit just turned that other guy into a f*cking kebab.” Surprise, this is a different kind of superhero story. Deadpool (Deadpool, 2016) é o que podemos, finalmente, chamar de uma produção verdadeiramente construída para fãs de quadrinhos. Esqueça todas as produções anteriores, […]

Ler o post