Vida, por Keith Richards

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Capa do livro Vida, Keith RichardsQual o valor real de uma medalha de ouro se não existisse a segunda colocação ? Veja bem, não falo sobre rivalidades ou faço pouco caso do segundo colocado, pelo contrário. Na minha opinião, a vida não teria graça alguma se não houvessem dificuldades ou motivos pelos quais devemos batalhar para conquistá-los. Por trás de toda conquista, sempre existirão personagens secundários, mas não menores do que o próprio vitorioso.

Não me refiro apenas ao gato que perseguia o rato ou o Coiote obstinado a alcançar o Papa Léguas. Falo também do China, Batatinha, Catatau e Babalu, que sempre livravam seus respectivos companheiros – Hong Kong Fu, Manda Chuva, Zé Colméia e Pepe Legal – de enrascadas. Mas se os exemplos anteriores não serviram de explicação para esse texto, então troco todos por apenas um nome: Keith Richards.

Em “Vida”, biografia escrita pelo próprio músico, você conhecerá o homem por trás de todas as lendas. E posso adiantar, algumas delas são verdadeiras. Keith Richards escreve, em linhas soltas, destemidas e sem nenhum tipo de preconceito, sobre sua infância em Dartford e o interesse que adquiriu pela música através de seus avós, da primeira guitarra que sua mãe lhe deu e sobre seus músicos favoritos – Billie Holiday, Louis Armstrong, Duke Ellington e Scotty Moore.

Suas histórias são fascinantes e, mesmo que sigam uma linha de tempo, levam o leitor a diversos acontecimentos do seu passado sem tornar a leitura confusa ou sem nexo. Keith quer nos fazer conhecê-lo bem, quase torná-lo um amigo de anos, até que possa nos apresentar Mike Jagger, Ronnie Wood e Charlie Watts. Ele nos faz entender sua paixão pela música e trilhar pelos seus mesmos passos até os Rolling Stones.

“Essa é minha vida. Acredite se quiser, eu não esqueci de nada.”

Eu diria que, como em sua guitarra, Keith afinou as palavras em sua escrita de uma maneira própria. Modificada, não distorcida. Intrigante ao seu modo, mas sem deixar a sonoridade ferir nossos ouvidos. Direto, realista e transparente. Ame ou odeie, a verdade está escrita em todas suas páginas.

“Mas se você quer chegar ao alto, precisa começar de baixo, do mesmo jeito que tudo mais. Como gerenciar um puteiro.”

Escritor, compositor e pirata. Keith Richards não é apenas um músico, artista ou guitarrista por trás de uma banda. Ele é escoteiro, amante do róque, fã apaixonado, ex-viciado e possuí uma relação de amor/ódio com o vocalista da sua própria banda. Keef – como sua mãe costumava lhe chamar – é a concretização de um sonho que se tornou realidade. E diferente dos Beatles, esse sonho ainda não acabou.

“Você tem os Beatles. Mamães e papais amam os caras. Mas você deixaria sua filha se casar com uma coisa daquelas ?”

Ficha Técnica

Título: Vida
Autor: Keith Richards
Editora: Globo
Ano: 2010
Gênero: Biografia
Número de páginas: 672

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

A História de Ron Clark

Difícil associar o nome Mathew Perry a alguém que não seja Chandler, um dos personagens mais engraçados da tão aclamada série norte-americana, Friends. Mas o ator possuí uma vasta lista de grandes participações em comédias como em E Agora, Meu Amor? (Fools Rush In, 1997) ao contracenar com Salma Hayek e Meu Vizinho Mafioso (The […]

Ler o post

Suck It And See, o novo do Arctic Monkeys para todas as idades

Desde 2009, com o lançamento de Humbug, o Arctic Monkeys não gravava algo novo. Mas a banda inglesa retorna esse ano com o lançamento de Suck It And See, que foi gravado inteiramente no histórico Sound City Studios e de onde saíram sucessos como Nevermind (Nirvana, 1991) e After The Gold Rush (Neil Young, 1970). O baterista […]

Ler o post