The Donnas

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

The Donnas é uma outra banda muito cool formada apenas por garotas, de Palo Alto, Califórnia. As meninas se conheceram na 8ª série e montaram a banda, mas ela só despontou mesmo em 1993, já fora da escola. A banda se chamava Ragady Anne em seus primeiros dias, mas logo mudou o nome para The Electrocutes. No fim, decidiram-se por The Donnas, com melodias que não distorcessem a imagem de rainhas do metal que já vinham adquirindo.

O estilo hard-rock-canalha de girls bands conta com fortes influências de Ramones, The Runaways, AC/DC, Bachman–Turner Overdrive e Kiss. As garotas conquistaram o público ao usar a voz forte e tão feminina de Brett Anderson. Acompanhando a moça, temos Allison Robertson (guitarra), Maya Ford (baixo) e Torry Castellan (bateria).

O primeiro CD foi lançado em 1997, depois de alguns singles saindo desde 1993. Totalizando 8 CD’s hoje, recomendo Bitchin’, de 2007 onde Brett e sua banda estão muito mais focadas no gênero, caprichando nas letras e nos arranjos. Temos sucessos como Take it Off e Too Bad About Your Girl, mas aqui no blog vamos ficar com Get Off, em um vídeo que reúne momentos da banda.

Particularmente, acho que The Donnas é uma banda muito mais madura do que Crucified Barbara, que postei essa semana.

Ficha Técnica

Nome: The Donnas
Gênero: Hard Rock
Site: Site Oficial | MySpace
Origem: EUA (Califórnia)

Você também pode gostar de:

Crucified Barbara
The Veronicas
Cherry Kiss

Crucified Barbara: mulheres do rock n’ roll

Bandas de rock com mulheres no vocal são tremendamente importantes para o ego feminino. Por mais que eu adore bandas com aqueles vocais masculinos pesados, riffs complexos e aquela presença de palco foda no melhor estilo Angus Young, eu também me amarro em ver bandas formadas apenas por mulheres. No meu celular não falta nunca […]

Ler o post

Simplesmente Complicado

Meryl Streep é uma cinquentona em forma. A atriz, conhecida por interpretar personagens severos, duros e intransponíveis, se entregou à comédia no papel de Jane Addler, mãe de três filhos, divorciada. Jack (Alec Baldwin) e Jane foram casados por muito tempo e geraram três filhos juntos, que já são crescidos e saíram de casa. Há […]

Ler o post

Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk

Lou Reed – Estou completamente sozinho. Ninguém para conversar. Dá uma chegada aqui, daí posso falar com você. Nas primeiras linhas de “Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk”, Legs McNeil e Gillian McCain mostram que o Punk Rock não é uma história única, e sim a coletânea de fatos narrados pelos […]

Ler o post