Um Grande Garoto, livro de Nick Hornby

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Eu acho que nunca havia lido um livro enquanto andava pelas ruas. Mas isso foi antes de conhecer este livro. Eu simplesmente não queria me separar de nenhum parágrafo dele, enquanto me apaixonava por Will e Marcus. Meu sentimento com este livro foi imediato, diferente de Alta Fidelidade, como comentei há alguns dias.

Will é um homem livre e desimpedido que busca uma parceira constantemente. Nos seus últimos relacionamentos, descobriu como as mulheres que já são mães podem ser carinhosas e fogosas em um relacionamento, então decidiu ir a um lugar em que poderia encontrar e escolher a dedo várias delas: PSU – Pais Solteiros Unidos. Só tinha um problema: ele não tinha um filho para ser um pai solteiro. Mas isso não seria um empecilho tão grande, afinal de contas Will é dotado de uma imaginação muito fértil, e assim nasceu Ned – sem muita conversa fiada.

Ele então conhece Marcus, garoto de 12 anos e filho de pais separados, cuja mãe esquisita dispensa seu tempo em crises depressivas. O menino, reflexo esquisito de sua mãe, mas dotado de lógica, é alvo de provocações dos colegas no colégio. Então surge uma amizade conturbada, mas divertida entre Marcus e Will, e ambos vão aprendendo diversas lições e construindo uma base sólida no meio de tanta confusão.

Nick Hornby explora as relações que as pessoas estabelecem quando o “padrão familiar” é corrompido e conquista o leitor com uma escrita humorada, irônica e ansiosa em mostrar a sua visão de mundo.

Ficha Técnica

Título: Um Grande Garoto
Autor: Nick Hornby
Ano: 2000
Editora: Rocco
Gênero: Romance, Literatura Estrangeira
Número de páginas: 267

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Alta Fidelidade, livro de Nick Hornby

Eis meu primeiro contato com Nick Hornby, ex-professor e atual morador da zona norte de Londres. Alta Fidelidade (compre aqui) me exigiu mais envolvimento do que eu estava disposta a oferecer, porque demorei para me render às semelhanças nada nobres do personagem. Rob Fleming é um recente solteirão, largado pela ex-namorada Laura (e por todas […]

Ler o post

Tudo o que você pensa, pense ao contrário

Virei fã de Paul Arden, pela sua simplicidade e genialidade concentrada em poucas palavras. Pudera, ele é ex-diretor executivo de criação da agência Saatchi & Saatchi. Em “Tudo o que você pensa, pense ao contrário” ele desafia o leitor a encarar os acontecimentos de modo diferente. Ser pessimista é para os fracos, mas ele não […]

Ler o post