Tudo o que você pensa, pense ao contrário

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Virei fã de Paul Arden, pela sua simplicidade e genialidade concentrada em poucas palavras. Pudera, ele é ex-diretor executivo de criação da agência Saatchi & Saatchi.

Em “Tudo o que você pensa, pense ao contrário” ele desafia o leitor a encarar os acontecimentos de modo diferente. Ser pessimista é para os fracos, mas ele não pede que você seja uma pessoa positiva-cara-de-margarida, ele só pede, como um bom publicitário, que aproveite as marés de azar para achar uma solução: a mais simples possível.

Entre uma diagramação maluca e outra, o livrinho de 136 páginas traz histórias (altamente resumidas) de paradoxos em braile, pessoas impetuosas com grandes ideias e muitos empregos, pontos de vista, ego, como agir em uma reunião, e até uma ou outra história de famosos irreverentes.

Não tenho como convecê-lo a ler este livro: ele é simplesmente curto e audacioso demais para que eu apenas o descreva, então deixe-me compartilhar uma história:

Isto é uma pintura em braille. Em braille está escrito “Não toque”, no entanto a única maneira de ficar sabendo disso é tocar nela. Um adorável paradoxo, e um grande exemplo de pensar ao contrário.

Por isso eu recomendo que você leia o livro, para se divertir e pensar em fazer as coisas de forma diferente. O livro te tira do lugar comum. Fala coisas que você não espera.

Ficha Técnica

Título: Tudo o que você pensa, pense ao contrário.
Autor: Paul Arden
Ano: 2006
Editora: Intrínseca
Gênero: Negócios
Número de páginas: 136

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest