Trocar a tv a cabo por serviços de streaming é uma boa?

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Para começar esse post eu acho válido dizer que aqui em casa a gente não tem televisão a cabo e a maioria dos serviços de entretenimento que a gente utiliza são por meio de streaming. Eles surgiram em nossas vidas para driblar um pouco a dificuldade de acompanhar séries e filmes, mas principalmente como uma alternativa para os preços exorbitantes das mensalidades de TV a cabo que, em muitas operadoras, não oferece uma qualidade de alta definição na grade básica de programação.

A nossa primeira experiência com streaming de filmes e séries – e isso deve ter uns 5 anos – foi com a Netflix, e desde então a TV a cabo se tornou completamente dispensável em nossas vidas. Nesse ano assinamos a Amazon Prime por conta de algumas produções próprias e, depois de alguns meses de uso, achei válido esclarecer alguns pontos e curiosidades dos dois serviços, destacando um pouco dos prós e contras de cada um deles.

Netflix

A Netflix é o principal serviço de streaming do mundo e atinge, atualmente, mais de 190 países e 93 milhões de assinantes (!) em todo o mundo. Além da plataforma web, eles também oferecem um aplicativo para Smart TV, Android, iOS e Windows Mobile.

Uma coisa bem legal no serviço é a criação de perfis diferenciados. Exemplo disso é que se você tiver crianças em casa, pode criar um perfil para eles onde será exibido apenas o conteúdo direcionado para a idade deles. Também é possível indicar o nível de maturidade do catálogo para cada um dos perfis e o serviço mostrará os títulos de acordo com a configuração.

A Netflix possui uma grande variedade de títulos no catálogo. Engraçado que a gente “perde” mais tempo procurando o que assistir do que assistindo de fato. Outra questão bem interessante são as produções originais Netflix, compostas de seriados, filmes, documentários e animações.

Dá pra citar várias séries como Master of None, Orange is the New Black, os queridinhos da Marvel (Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro) e filmes e séries que, inclusive, concorrem anualmente às principais premiações do cinema e televisão.

As redes sociais e o suporte deles são um espetáculo à parte! Tudo em português e com uma equipe super prestativa e carismática, disposta a ajudar em questões e esclarecimento sobre o serviço, além de posts descontraídos e engraçados no Facebook e Twitter (pra mim, que trabalho com social media, um case nacional de grande sucesso).

O preço varia de acordo com a seleção do plano, mas ainda assim é um diferencial do serviço. Quando assinamos, optamos por um plano com 2 telas – o que significa que duas pessoas podem assistir o conteúdo HD (720p) simultaneamente – e depois passamos para um plano familiar, que permite a inclusão de 4 telas e o diferencial de streaming em 4K – Ultra HD (é muito mágico!). Nesse caso, o valor varia entre R$ 22,90 e R$ 29,90. Há uma opção mais simples, com apenas uma tela e qualidade padrão (480p), pelo valor de R$ 19,90/mês. Os novos assinantes podem experimentar gratuitamente o serviço por 1 mês.

Amazon Prime Video

Bueno, agora vamos falar dessa novidade no Brasil chamada Amazon Prime! Não tem muito tempo que ela chegou por aqui, anunciando um catálogo focado em grandes produções originais e com uma diversidade no conteúdo disponibilizado.

O serviço chegou por aqui no final do ano passado e estamos usando desde janeiro aqui em casa. A Amazon disponibiliza o streaming dos programas através de uma plataforma web e aplicativos para Android e iOS e em ambos os casos o idioma é inteiramente em Inglês.

Embora o catálogo nacional não seja tão grande quanto o da Netflix, você também encontra séries muito legais de drama e comédia, como O Homem do Castelo Alto, baseado na ficção científica do autor Philip K. Dick, todas as temporadas de Seinfeld e, em breve, Deuses Americanos entra para a família.

O catálogo de filmes deixa um pouco a desejar, mas encontrei alguns clássicos do John Hughes que valeram a pena.

Uma coisa bem legal sobre o catálogo que vale a pena comentar é que ele é disponibilizado mundialmente e não por regiões. Ou seja, o conteúdo disponível nos EUA ou Europa é o mesmo apresentado aqui no Brasil.

Nosso primeiro contato com a Amazon foi para assistir Community, uma série que já foi finalizada e está disponível na íntegra no catálogo. A qualidade de transmissão em todos os episódios é em HD (720p), mas tivemos muitas dificuldades com as legendas. A Amazon disponibiliza um recurso de closed caption que ajuda bastante quando o episódio/filme não possui legendas em Português, o que exige um conhecimento básico de Inglês. Exemplo disso é a primeira temporada de Community, disponível em Inglês, Espanhol, Francês, etc… menos Português.

Infelizmente o serviço não possui suporte em português e até mesmo os valores da mensalidade ainda estão em dólares. O valor promocional para os primeiros 6 meses é de U$2,99 – cerca de 9 reais. Após isso a mensalidade sobe para U$5,99. Um ponto positivo é de que a assinatura permite o streaming em até 3 dispositivos simultâneos.

Amazon Prime Video - Preços

Mas e aí, qual o melhor deles?

Apesar de estar meio que implícito nos argumentos acima, o posto de queridinha aqui de casa fica com a Netflix. ❤️

Na minha opinião, a Amazon ainda está tímida, mas pode surpreender o público mais para frente em apostas como as produções originais e séries queridas pelo público que são difíceis de encontrar. A principal questão é a indisponibilidade de recursos em Português e moeda brasileira.

Se você é do tipo que gosta MESMO de filmes e séries e tem como fazer isso, vale a pena manter as duas assinaturas pra poder assistir tudo o que você deseja.

E aí, você já usou os dois serviços pra poder dar o seu veredito também?

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários do Facebook