Livro “Cartas do Papai Noel” reúne cartas de Tolkien para seus filhos

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

SORTEIO NO FIM DO POST

Para os filhos de Tolkien, o Natal não era apenas no único dia em que suas meias na lareira eram recheadas de presentes. A cada ano, Papai Noel lhes escrevia cartas (às vezes uma, às vezes três) onde relatava os acontecimentos mais recentes do Polo Norte, sempre acompanhado de desenhos.

cartas do papai noel tolkien, resenha, livros de natal, pipoca musical

A primeira delas chegou em 1920, quando o primeiro filho de Tolkien, John, tinha apenas 3 anos de idade. Por mais de 20 anos, durante a infância dos três outros filhos, Michael, Christopher e Priscilla, elas continuaram chegando.

Quando as novidades vinham cedo, era o carteiro quem trazia a carta, mas sempre havia um novo envelope na véspera de Natal – e as respostas das crianças desapareciam da lareira quando não havia ninguém por perto.

cartas do papai noel tolkien, resenha, livros de natal, pipoca musical

As primeiras cartas do Papai Noel eram muito curtas porque ele estava sempre ocupado com os presentes, e contava apenas com a ajuda do Urso Polar. Com o passar do tempo, aparecem outros ajudantes como os Elfos das Neves, Gnomos, Ursos das Cavernas e até os sobrinhos do Urso Polar.

Ainda bem que os relógios não marcam a mesma hora no mundo todo, senão eu jamais conseguiria completar a ronda, embora na época em que minha magia é mais forte – no Natal – eu consiga encher cerca de mil meias por minuto, desde que tenha planejado tudo de antemão.

Este, vale comentar, é um show à parte. Ele é a principal causa das trapalhadas no Polo Norte e quase sempre responsável pelas confusões nas meias de Natal das crianças. Muitas vezes ele até revisa a carta do Noel e acrescenta comentários divertidos com sua letra grossa (porque a pata dele é gorda), para lembrar às crianças como o Noel é velho e precisa da ajuda dele.

O livro Cartas do Papai Noel é organizado por Baillie Tolkien, atual esposa de Christopher Tolkien, um dos filhos do escritor. Ela fez um trabalho primoroso reunindo todas as cartas que Tolkien escrevia aos filhos como se fosse Papai Noel. Muitas delas estão reproduzidas em imagem no livro, para mostrar a letra trêmula do velho Noel e seus desenhos magníficos “feitos em um minuto” ou, quando ele se esforçava mais, “em dois”.

cartas do papai noel tolkien, resenha, livros de natal, pipoca musical

Fica um elogio também à tradução de Ronald Eduard Kyrmse, que conseguiu manter o clima divertido dos comentários do Urso Polar, além da preocupação e carinho do Noel com tudo que o cercava. Indicado para todas as idades, sem restrições :)

a Rafflecopter giveaway

Ficha Técnica

Autor: J. R. R. Tolkien
Organização: Baillie Tolkien
Editora: Wmf Martins Fontes
Páginas: 168

Comentar resposta para Renata Cancelar

Comentários

Comentários do Facebook

10 comentários via blog

  1. Julieta comentou em

    Amo o Tolkien! Vou atrás desse livro já!

  2. Renata comentou em

    Aha, essa eu não conhecia..valeu a dica! Vou procurar!
    bjs

  3. Adriana Souza comentou em

    Que livro lindo, com certeza participando da promoção!

  4. Nathália Gomes comentou em

    E lá vou eu participar de outro sorteio kkkkkkkkkkk quero presente nesse Natal ;-;