“Lições” de roteiro com Vitor e Lu Cafaggi

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

lições graphic novel msp, turma da monica, resenha de quadrinhos, bruno trindade, pipoca musical

“Em meio a diálogos bem escritos e desenhos que “falam” mais do que dezenas de palavras. Vitor e Lu Cafaggi, de novo, construíram uma historia inesquecível.” – Mauricio de Sousa

Eu sempre me pergunto como deve ser para os artistas convidados a integrar o projeto Graphic MSP lidarem com a pressão de agradar o público gigantesco do Maurício de Sousa, e o fardo de dar continuidade a obras tão bem executadas e bem recebidas pela crítica e público. Não deve ser nada fácil, mas a cada graphic que passa notamos o quão boas são as escolhas de Sidney Gusman para definir o próximo contemplado a deixar um pouco de si na obra do maior mestre dos quadrinhos brasileiros.

E decidir repetir a “dupla Cafaggi” em Turma da Mônica é só mais uma prova do quão sóbrio ele é em suas decisões, mas por mais óbvio que essa escolha possa parecer, ela é tão arriscada quanto colocar uma nova pessoa a frente desse título, pois os Cafaggi não só lidaram com a sombra do projeto (de novo), como também com a da sua própria obra. Superar Laços não era tarefa fácil, mas Lições (adicione ao Skoob) conseguiu!

lições graphic novel msp, turma da monica, resenha de quadrinhos, bruno trindade, pipoca musical

“Quem não faz a lição não passa de ano, e nunca sai da escola! Você ta indo pro primeiro ano, lição de casa é coisa sélia!”

Nessa segunda empreitada da dupla com a linha de frente da MSP, as expectativas de todos os fãs batiam no teto, pois Laços foi o maior sucesso do projeto até então e, considerado por muitos a melhor, como então superá-la? Ou, pelo menos, fazer algo tão grande quanto e que não fosse mais do mesmo.

Para isso, os Caffagi contaram com uma série de fatores que, em conjunto, elevaram o nível da obra como um todo. Mas antes de nos aprofundarmos mais nesses aspectos vamos à sinopse: Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão cometem um erro grave na escola e terão que encarar as consequências. E elas não serão poucas! Lições mostra o real valor da palavra “amizade” nesta Turma.

lições graphic novel msp, turma da monica, resenha de quadrinhos, bruno trindade, pipoca musical

“ São crianças, precisam de limites. Os quatro estão suspensos o resto da semana. Sugiro que pensem o que fazer para ajudar a resolver essa situação. Eles ainda são novinhos, é mais fácil corrigir esse tipo de comportamento. Mas se não for agora…”

Lições, novamente um título com somente uma palavra (e de novo com a letra “L”, coincidência ou não), realmente não precisa mais que isso para se provar. A palavra “lições” permeia por todo o álbum, e nós aprendemos várias durante a leitura. E não só a grande lição da história em si (que eu poderia resumir em consequências, superação e amizade), mas também lições de desenho, roteiro, narrativa e muito mais. Falando sério, os mineirinhos deram um banho no que diz respeito à parte técnica.

Quando as lições superam laços :P

Como eu havia dito antes, Lições superou Laços, e isso não é só a minha opinião, é um fato! Você pode continuar gostando mais do primeiro álbum, mas isso não vem ao caso, pois o que vou falar agora não é sobre gosto, mas sim sobre técnica.

Vitor e Lu Cafaggi amadureceram em todos os sentidos, o traço deles evoluiu visivelmente, e a maturidade do roteiro é notável, a começar pela capa. Eu estranhei a capa quando foram liberados os previews: todos os personagens com o semblante triste e preocupado, não parecia dar um tom de uma aventura como no primeiro, nem tampouco tinha o clima típico do Bairro do Limoeiro que é sempre alto astral. Mas depois de conhecer a história, ela faz total sentido.

Nessa HQ, a dupla se aprofunda em diálogos muito bem colocados, e fazem construção de personagens bem elaborados. Dos protagonistas aos coadjuvantes, todos são extremamente autênticos. Vale notar também o maior envolvimento da Lu Caffagi compondo quadros absurdamente belos, inclusive uma página dupla incrível, de cair o queixo.

lições graphic novel msp, turma da monica, resenha de quadrinhos, bruno trindade, pipoca musical

“Você não é superforte. Não é indestrutível. Você não é uma super-heroína. É só uma menina. E isso é tudo que você precisa ser.”

Quadros bem compostos, narração fluida e principalmente “coragem” para contar uma história mais profunda, envolvendo sentimentos mais complexos, e reflexões mais introspectivas garantiram a dupla um álbum impecável.

O maior acerto de todos é, sem dúvida alguma, o roteiro. Eles não só escolheram a história certa para contar, mas também a melhor maneira de fazê-lo. A sutileza do roteiro é tão grande que se estende até os créditos, onde eles contam um pouco da história com algumas ilustrações.

Lições é uma obra sobre escolhas e suas consequências. Os personagens são obrigados a lidar com uma série delas por conta de uma escolha errada. Vitor e Lu tiveram muita coragem ao separar o grupo para poder desconstruir cada personagem um a um, seus medos e anseios, suas incertezas e também suas virtudes. Até mesmo os momentos de silêncio falam alto. A sensibilidade dos irmãos Cafaggi é tocante.

A história, assim como a primeira, é recheada de referências, dessa vez talvez mais imperceptíveis, o que faz bem pra narrativa. E também temos muitas sutilezas de roteiro que dão um valor a mais para história. Recomendo que leiam mais de uma vez pra pegar tudo – garanto que é muito gratificante.

Temos também a inserção de novos personagens da mitologia da Turma, expandindo assim esse universo das graphics e abrindo margem para novas possibilidades para o projeto Graphic MSP como um todo. É empolgante ver isso tudo crescer de forma leve e natural.

Um outro detalhe que é bem bacana, é o fato de todos os personagens agora terem “orelha de abano”. Além de remeter ainda mais ao traço original do Mauricio, Vitor contou na Fest Comix que ele tomou essa decisão após receber o afeto de uma pequena fã que se sentiu representada pela orelhinha de abano presente na primeira Graphic MSP (não é muito fofo?).

lições graphic novel msp, turma da monica, resenha de quadrinhos, bruno trindade, pipoca musical

“Eu… Eu tenho um pouco de medo de água, sabe? Não sei se você já reparou. Eu não vou fugir sempre. Só preciso de um tempo pra tomar coragem…”

Mais uma vez o irmãos mineiros fizeram jus em serem os escolhidos para tomarem a frente do título mais importante do projeto, numa história repleta de Lições. As que mais me marcaram foram a importância das verdadeiras amizades, aquelas que nos apoiam nos momentos mais difíceis, e que nos dão o icentivo necessário para seguir em frente e nos superarmos sempre.

Recomendo a leitura dessa Graphic – assim como de sua antecessora. É algo obrigatório na coleção de qualquer fã que se preze e vai muito além disso: são histórias tocantes, marcantes e que você com certeza irá guardar pra sempre no seu coração.

Agora é torcer pra que isso tudo vire animação, live action e domine todas as mídias possíveis, pois esse projeto merece ganhar as grandes telas. E assim como já elevou o cenário nacional nos quadrinhos, quem sabe nos ajude a mudar essa cena também no cinema e na TV.

FICHA TÉCNICA

Título: Lições – Turma da Mônica
Autor: Vitor e Lu Cafaggi
Compre: Comix
Páginas: 82
Editora: Panini
Skoob: adicione à estante

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest