Autismo: o azul, os livros, os filmes

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest
sullivan monstros sa, livros valentina, pipoca musical
O Sulley tá ligado no Dia da Conscientização do Autismo

Oi galerinha! O post de hoje é uma sugestão da Editora Valentina para homenagear o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, que acontece todo dia 02 de abril, desde 2008. Talvez vocês já tenham observado que algumas empresas, instituições e governo iluminam prédios e monumentos de azul, que é a cor símbolo do autismo, para chamar a atenção da sociedade para a data.

O autismo é uma síndrome que afeta o desenvolvimento em três importantes áreas: comunicação, socialização e comportamento. A Valentina levantou esta discussão porque recentemente lançou no Brasil o (maravilhoso) livro Passarinha, da Kathryn Erskine, que fala sobre Caitlin, uma garotinha com Síndrome de Asperger, que tenta mudar uma situação à sua volta (sério, leia, é lindo e impressionante).

Muitos parceiros da Editora Valentina estão reunindo homenagens à data, e a Anna Schermak do Pausa para um Café (♥) coletou imagens de ensaios fotográficos lindos retratando a síndrome. Vale o clique!

autismo cor azul, livros azuis, livros de capa azul, pipoca musical
Livros azuis para homenagear a data. :)

No mundo, a Organização Mundial da Saúde estima que haja 70 milhões de pessoas com autismo, 2 milhões deles no Brasil. O autismo é uma síndrome mais comum do que imaginamos e, infelizmente, o preconceito também reina (clique aqui para ver histórias de humilhação, agressão e superação).

Muitos são os filmes que abordam a rotina, conquistas e dificuldades de personagens portadores da síndrome, assim como a literatura também já explorou bastante (o blog Pronome Interrogativo listou cinco dicas aqui). Particularmente, prefiro a forma como a literatura aborda, sempre mais realista e menos “clichê” do que o cinema, mas ainda assim, deixo abaixo cinco dicas de filmes sobre autismo garimpadas para você assistir e comentar com a gente depois.

Top 5 filmes sobre autistas

Rain Man (Rain Man, 1988)
filmes sobre autismo, rain man
Charlie (Tom Cruise) é um cara durão que recebe pouca coisa do testamento de seu pai. Todo o dinheiro ficou com seu irmão Raymond (Dustin Hoffman), um autista com habilidades limitadas em algumas áreas, mas com um pensamento rápido e genial para algumas questões. Os dois irmãos acabam fazendo uma longa viagem pelo país, e aprendendo o significado de serem irmãos.

Gilbert Grape: Aprendiz de Um Sonhador (What’s Eating Gilbert Grape, 1993)
filmes sobre autismo, gilbert grape
Esse filme do Johnny Depp tem um personagem secundário com autismo, interpretado pelo Leonardo DiCaprio. A história é sobre Gilbert (Depp) que cuida de seu irmão autista Arnie e de sua mãe obesa em uma cidade do interior dos EUA. Até que ele se apaixona por uma garota e tem que lidar com a família cheia de problemas e ainda por cima tentar conquistar a moça.

Adam (Adam, 2009)
filmes sobre autismo, adam 2009 hugh dancy
Adam (Hugh Dancy <3) é um rapaz com Síndrome de Asperger, apaixonado por astronomia, que está morando sozinho em um apartamento em Nova York após a morte do pai. Ele é extremamente fechado e tem alguns problemas de socialização, mas acaba criando um relacionamento com uma nova vizinha, Beth (Rose Byrne). Temple Grandin (Temple Grandin, 2010)
filmes sobre autismo, temple grandin
O filme é baseado na autobiografia da jovem autista Temple Grandin (no filme interpretada por Claire Danes), que tinha sua maneira particular de ver o mundo e dedicou-se aos animais. Temple revolucionou os métodos de manejo do gado com técnicas que ajudaram a indústria pecuária americana. E ela ainda por cima fez uma bela palestra no TED Talks.

Autismo: O Musical (Autism: The Musical, 2008)
filmes sobre autismo, autismo musical
Este filme é, na verdade, um documentário que acompanha cinco autistas que trabalham na produção de um musical. Enquanto se preparam para a apresentação, eles passam por frustrações e conquistas ao lado de suas famílias. É uma forma real de ver a situação e como lidar com ela.

Esse post foi uma mistura de indicação de filmes, com imagens azuis e a dica master de leitura do livro Passarinha, da Kathryn Erskine (publicado pela Editora Valentina em 2013).

Passarinha, de Kathryn Erskine, conta a história de Caitlin, portadora da Síndrome de Asperger.
Passarinha, de Kathryn Erskine, conta a história de Caitlin, portadora da Síndrome de Asperger.

Espero que tenham curtido! Deixem suas dicas de filmes e livros que tratem do assunto. ;)

Comentar resposta para Daniela Farias Cancelar

Comentários

Comentários do Facebook

21 comentários via blog

  1. Raqueeeeel, sua linda! Há um tempo atrás eu estava procurando filmes sobre o tema mas acabei por esquecer. Começarei com essa lista sua. O meu chefe assistiu Rain Man e me indicou bastante uma vez.

    1. Rain Man é muito legal, e tem Dustin Hoffmann queridão, hehehe. Espero que goste dos outros também. Adam é um filme bacana, e tem o fofinho do Hugh Dancy <3 hehehe.

  2. Adorei o post! Coloquei todos os livros na listinha! Quero ver tudo, só vi Rain Man dos citados.

    Beijocas pipoquinha <3

    1. Meus livrinhos azuis *-* Eu queria muito organizar minha estante por cor, mas meu TOC iria pra estratosfera!!!!

      Assiste Adam também, tem o Hugh Dancy fofinho. :}

      Beiiijo ♥

  3. Diego comentou em

    Queeel :))))

    Eu amei seu post sobre o autismo, um tema que há pouquíssimo tempo tem tomado espaço na mídia e hoje é lembrado até pelos blogueiros, nas editoras e nos filmes.
    Eu fico tão emocionado com crianças ~pessoas~ autistas, o que mais me impressiona é a força de vontade de socialização deles, é incrível! E como sempre as ONGs que cuidam dessas crianças acabam não recebendo investimentos como deveria ser, mas né, fazemos nossa parte divulgando pro mundo :)))

    Beijos xuxuuuu!

    http://www.aculpaedovisconde.com

    1. Realmente, Dih! E olha, achei legal terem colocado uma pessoa com autismo na última novela. Esse tipo de caracterização ajuda a educar a população sobre as dificuldades – e também a inteligência e força de vontade – que essas pessoas tem. É um tema que tem que ser debatido. E cara, leia Passarinha ♥ é muito amor!

      Beijo! ♥

  4. Isabela comentou em

    Oii! Post lindo e muito importante Raquel… Parabéns pela iniciativa. Sobre os filmes, só vi Rain Main, mas é um dos meus filmes preferidos.

    Bjs, Isabela.

    1. Oi Isa! Obrigada, querida :’) A Valentina teve uma ideia bacana pra ação, espero ter contribuído de alguma forma! :} Beijoca :*

  5. Adriana Wolf Bastos comentou em

    Que post lindo!! Parabéns pela iniciativa de mostrar através de livros e filmes um pouco mais sobre essa síndrome que afeta tantas pessoas!
    Acho super bacana a campanha…
    e fiquei super curiosa pelo livro Passarinha….com certeza vou dar uma olhada!
    Bjsss

    1. Passarinha é uma leitura fantástica, vale a pena, Adri! Espero que tenhas a oportunidade de ler em breve ;) Beijo!

  6. Kellen comentou em

    Que post lindo Raquel, adorei a iniciativa e a seleção de filmes!!!Ainda não vi Temple Grandin e Adam, fiquei bem interessada. Li um livro sobre autismo (o Mãe, Eu tenho Direitos) e desde então sempre fico curiosa quando surge alguma coisa a respeito. Vou indicar o Adam para o meu namorado, ele ver tudo sobre asperguer. =)

    1. Eu lembro que você comentou desse livro no Universo, Kellen! É um tema bem interessante e fico feliz de ver a literatura, o cinema e até a televisão tratando disso. Gostei bastante do Adam, é meio que uma comédia romântica, mas com essa pegada realista (e tem o Hugh Dancy, to falando dele em todos os comentários, aheuaheuhae).

      Beijoca :***

  7. Vim por pura curiosidade ver o post, só por causa da imagem fofa que você postou no twitter e, gente! Que amor esse post! ♥

    Adorei a iniciativa da editora Valentina e dos blogs parceiros, estão todos de parabéns! O autismo sempre me fascinou muito (talvez por eu ter sido muito tímida e entender 0,5% o que as pessoas que têm a síndrome sofrem). Fiquei muito interessada no livro e acrescentaria na lista um filme baseado em fatos reais e, pasmem, protagonizado pelo Zac Efron muito criança (antes mesmo do High School Musical). O nome do filme é Miracle Run (Uma viagem inesperada, em português) :)

    Beijos!
    http://www.ummetroemeiodelivros.com

  8. Ahhh que lindo!
    Primeiramente… só assisti ao Gilbert Grape, que tenho na minha coleção e amo! Tanto pelo tema que aborda quanto pelo DiCaprio e Depp lindos juntos! <3
    Quero muito ver esses outros filmes, em especial esse Temple Grandin com a linda da Claire Danes que eu não vejo nas telas faz tempo! Adoro ela desde Romeo + Juliet. <33
    Fiquei surpresa em ver que a protagonista de Passarinha tem a mesma síndrome do protagonista do filme Mary & Max, animação que eu assisti para o projeto "Mais Filmes" – da Thaís – esse mês. Fiquei com muita vontade de ler Passarinha! :)
    Beijos! <3

    1. Oi Ju!

      Gilbert Grape é um filme tão maneiro! Acho que é um dos que eu mais gosto do Depp. <3

      Sobre Passarinha, leia quando puder, flor. É tocante e teve um p* trabalho de tradução da Valentina, pois ele é cheio de jogo de palavras. Simplesmente genial, em inglês e português.

      Beijo grande pra tu! ;*

  9. Já fiquei curiosa para ver o filme Adam e Temple Grandin! Sugestões anotadas! :)
    Adorei o post!
    Beijocas! <3

    1. Adam é muito bacana, Dani! A história é bem legal, mas admito que ter o Hugh Dancy no filme tornou minha opinião mais favorável. (que que eu posso fazer? <3) Beeeeijo!

  10. clay comentou em

    Lembro de especial que teve no Encontro Marcado sobre o autismo, e mostrou a criação de um livro usado na novela que teve recentemente. É uma pena que muitos pais quando recebem o diagnóstico entendam que é uma porta se fechando, sendo que na verdade está abrindo. São crianças inteligentes demais e super me interesso pelo assunto.

    Dos filmes citados só não assisti o musical =) mas ja anotei aqui

    Beijos

    1. Oi Clay!

      O tema é bem interessante mesmo, e concordo com essa visão que você colocou. As pessoas acham que é uma coisa “ruim”, uma “má sorte”, mas na verdade são responsáveis pela formação de uma criança espetacular. Acho lindas as iniciativas que vejo por aí :’)

      Beijo, obrigada pelo comentário. :}