Uma vida desperdiçada em Coisas Frágeis, uma sugestão de Neil Gaiman

Curtir e compartilhar esse post:
facebook:
twitter:
google plus:
pinterest: pinterest

COMPRE AGORA: Volume 1 | Volume 2

Coisas Frágeis é um bom livro pra quem quer se aproximar do trabalho de Neil Gaiman. O autor de obras já estabelecidas como Sandman, O Oceano no Fim do Caminho, Filhos de Anansi, Deuses Americanos, entre tantos outros, reúne aqui contos criativos, fantasiosos e até perturbadores. Eu estava naquela dúvida de que livro levar pra viagem (não podia ser muito pequeno pra acabar só na ida, e não podia ser gigante pra não pesar na mochila), e acabei escolhendo esse por ser curto e, ainda assim, complexo. Decisão acertada :B

livro coisas frageis, coisas frageis neil gaiman, pipoca musical

Acho… que prefiro me lembrar de uma vida desperdiçada com coisas frágeis, a uma vida gasta evitando a dívida moral. (…) e me perguntei a que me referia com “coisas frágeis”. Parecia um belo título para um livro de contos. Afinal, existem tantas coisas frágeis. Pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também.

Este primeiro volume tem 9 contos e reúne excelentes trabalhos do autor (muitos deles premiados, inclusive) misturando ficção científica, assassinatos, puberdade, punk rock e uma porção de coisas. Neil Gaiman cria mundos novos e também se insere em realidades já existentes na literatura.

Eu queria falar de todos os contos, mas vou focar nos que eu mais gostei (bem parcial, assim). A Vez de Outubro é, possivelmente, o conto mais leve e gostoso de ler do livro. Nele, os meses do ano se reúnem para contar histórias, e na vez de Outubro ele fala de um garoto que foge de casa depois de tanta humilhação e acaba encontrando um conselheiro, um Anjo. O conto foi dedicado a Ray Bradbury (o autor de Fahrenheit 451) e recebeu o Prêmio Locus de Melhor Conto em 2003.

livro coisas frageis, coisas frageis neil gaiman, pipoca musical, dedicatoria neil gaiman bradbury

– Na próxima, será a sua vez – anunciou Outubro.
– Eu sei – disse Novembro. Era pálido, de lábios finos. Ele ajudou Outubro a se levantar da cadeira. – Eu gosto das suas histórias. As minhas são sempre sombrias demais.
– Não acho – discordou Outubro. – É que suas noites são mais longas. E você não é tão quente.

Lembranças e Tesouros é o mais chocante da coletânea, de longe. É perturbador e é sórdido, e mostra o que as pessoas fazem para satisfazer os desejos da carne. Mas também coloca na mesa que nem sempre ter dinheiro basta. Aqui você precisa se desprender de qualquer aspecto moral ou legal pra ler.

Havia outros homens na região de St. Andrews que poderiam ser meu pai, mas, depois desses quatro, perdeu a graça. Eu disse a mim mesmo que tinha matado todos os candidatos mais prováveis, e, se saísse matando todo homem que poderia ter embuchado minha mãe, acabaria virando um massacre. Por isso parei.

Fã de As Crônicas de Nárnia desde criancinha, Neil Gaiman se frustrou com o final da personagem Susan na história, e resolveu isso em sua própria mente criando um novo. O Problema de Susan é um conto em que uma jovem jornalista e uma senhora conversam sobre o passado e sobre a guerra, e acabam chegando num ponto comum: a Susan, do livro. É, no mínimo, super criativo.

Golias é um dos mais legais de Coisas Frágeis, na minha opinião. Gaiman foi contratado para escrever um conto baseado no roteiro de Matrix como uma feature do site do filme que ainda não havia estreado. Ficou incrível. É sobre um homem fora dos padrões normais que descobre estar vivendo em uma espécie de loop temporal, e é enviado a uma missão que somente ele pode concluir.

livro coisas frageis, coisas frageis neil gaiman, pipoca musical, contos de coisas frageis neil gaiman

– Por que eu?
– Bem, a resposta mais objetiva é que você foi projetado para fazer isso. Melhoramos um pouco o design humano básico no seu caso. Você é maior. É muito mais rápido. Sua velocidade de processamento e seu tempo de reação são mais desenvolvido.
– Não sou mais rápido. Sou grande, mas desajeitado.
– Não na vida real. Você só é assim no mundo.

Também vou falar de O Monarca do Vale, pois sei que tem leitores fãs de Deuses Americanos aqui no Pipoca Musical. O conto foi escrito dois anos após o lançamento do livro e traz de volta à cena o nosso querido personagem Shadow, que está dando um rolé na Escócia e acaba sendo contratado para ser segurança em uma festa de gente muito rica.

Embora eu tenha os meus favoritos aqui no livro, indico a obra por ter outros tantos contos de qualidade e que se encaixam com qualquer tipo de pessoa em algum momento. Para alguns contos, ter a mente aberta é recomendável. Coisas Frágeis tem boas histórias, histórias que “perduraram mais que todas as pessoas que as contaram, e algumas perduram muito mais que as próprias terras onde elas foram criadas”.

dias da meia noite neil gaiman, neil gaiman pipoca musical, panini comics, panini vertigo, raquel moritz

– Você está brincando com fogo!
– É assim que eu me sinto vivo.

E aí, alguém já leu algo do Neil Gaiman? Quadrinho, romance, conto? Parece que em 2014 ele virá ao Brasil e eu com certeza vou juntar meus livrinhos e ir até ele pra pegar um autógrafo :B

Ficha Técnica

Título: Coisas Frágeis #1
Autor: Neil Gaiman
Gênero: Contos, Fantasia
Ano: 2010 (original: 2006)
Editora: Conrad
Páginas: 205
Compre agora: Volume 1 | Volume 2

Comentar resposta para Jeh Asato Cancelar

Comentários

Comentários do Facebook

21 comentários via blog

  1. Tahis comentou em

    Oi!
    Estava vendo esse livro hoje no submarino e fiquei curiosa para ler, mas antes queria saber mais sobre o livro e me deparei com o seu post! Fiquei bem interessada nesse conto que você gostou, os quotes selecionados me interessaram! Acho que irei compra-lo. Adorei a capa! Parabéns pelos post!

    Beijos,
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    1. Oi, flor! Que bom que o post ajudou você a tirar a dúvida. Esses livros de contos são legais pra conhecer as habilidades do autor em diversos temas. Gostei muito, espero que você também aprecie. Beijos e obrigada pela visita :)

  2. Isa comentou em

    AWN eu amo esse livro! A Vez de Outubro também foi um dos meus favoritos e Monarca do Vale também. E nossa Lembranças e Tesouros me deixou perturbada, demorou pra me recuperar desse conto hauhauhau agora tô indo ler Coisas Frágeis 2 *.*

    1. Oi Isa! SIM, Lembranças e Tesouros é perturbador. Comecei o conto achando ele legal, diferente e tal, depois fui ficando enjoada (fisicamente falando), heheheh. É incrível e intenso. Beijos!

  3. Diego comentou em

    Neil Digno Gaiman!

    Como na maioria dos casos eu sempre via essa capa em sites como submarino e me chamava atenção. É tão simples, mas esse olhar ali é tão profundo! Eu adoro livros de contos, quando tu menos percebe eles terminaram e tu se sente órfão mimimi :~
    Definitivamente, pelo que vi da tua resenha, adorei o conto dos meses. Parece algo tão inimaginável, e o cara pensou nisso. Por isso ele é quem é, né? :P
    Eu estou lendo Os Livros da Magia, se Javé permitir termino no domingo e posto minha resenha, mas assim, estou curtindo bastante!

    Aliás, tu já é, tipo, amiga dele, né? Quando for conhecer ele já pega e fala daquela lindíssimo tweet *-*

    Beijos gatíssima :)

    1. AI SIM, DIH, vou tirar altas fotos com meu BFF divo HAUEHAEUHAUHAE. Te prepara porque eu vou te levar junto! :B

      Mas então, as capas dos livros dele são muito legais (embora minha favorita até agora seja a do Oceano no Fim do Caminho), e essa foto em Coisas Frágeis é só um pedacinho da obra. Isso que você falou de se sentir órfão no fim dos contos, eu concordo. E nesse livro, tenho que admitir, ele deixa essa sensação em muitos deles. O bom é que tem personagens que ele reaproveita em outros contos e tens a oportunidade de revisitá-los em outros momentos.

      Sobre os Livros da Magia, quero ver essa resenha hein. Ansiosa ♥

      Beijo, querido!

  4. Neil Gaiman <3 Só gosto desse cara a ponto de ter uma frase dele tatuada no pulso e predendo fazer outras mais ^^

    Sem dúvida, Coisas Frágeis é uma coleção que, sempre que posso, dou de presente a quem amo pois é leve e um dos meus favoritos do autor (só perde para Sandman – óbvio- e Lugar Nenhum). Creio que você vai adorar o volume dois pois ele contem as Instruções ;] Acho que já li boa parte dos romances dele e estou em busca dos infantis. Meu mais novo sonho de consumo está sendo O Dia de Chu, pois ele fez tanto mistério que fiquei curiosa pra saber o que acontece!

    Aqui está o que eu já escrevi sobre ele, dá uma olhadinha http://goo.gl/zSIjlb

    Beijos =***

    1. Oi Amanda!

      Me conta mais dessa tatuagem! O que é que tá escrito? Fiquei curiosa :D

      É, acho que vou incluir Coisas Frágeis na minha lista de “presentes que posso dar pra qualquer pessoa que goste de ler”, porque é bem isso mesmo. Vale a pena, e são tantos cenários, tantas situações, tantos diálogos legais, que a gente se apaixona. Gostei muito. O último que comprei dele foi o Fortunately the Milk, que deve chegar só lá na metade de outubro (essas encomendas demoram, num adianta).

      Vou lá fuçar teus posts sobre ele!

      Beijão :)

      1. Descobriiiii o que tá escrito no seu pulso, lálálá. Frase incrível, diga-se de passagem. :) Bjs!

        1. Nem precisei responder hahahaha.

          Sim, a frase é linda e tô planejando mais um até o início do ano que vem com um trecho do conto Instruções.

          bjos

  5. Bruna comentou em

    UAU!
    Tenho Coisas Frágeis (1 e 2) há quase ano na minha prateleira e ainda não peguei pra ler simplesmente porque não tinha visto nenhum comentário ou resenha que me desse AQUELA motivada a ler. Agora adivinha qual eu tô louca pra ler logo? hahahah
    ADOREI a resenha! Não dá pra falar de todos os contos, lógico, mas tu falaste provavelmente dos que eu mais vou gostar (adorei que no conto dos meses Outubro ganhou um destaque #meumêséomelhor! hahahaha)

    Beijãão, Quel! <3

    Bruna
    http://umpoucodissoeaquilo.com.br

    1. Há, outubro é o melhor mês, né Bruna? Eu acho que é Junho, mas nesse conto o Junho era um chatinho, rsrsrsrs. :P

      Que bom que despertei teu interesse, eeee! O bom desses livros de contos é que você pode ler um ou outro de vez em quando, antes de dormir, num domingo preguiçoso, a caminho do trabalho (ou a caminho de SP pra conhecer a amiga, rsrsrs), etc. Quando você ler o livro, me diz o que achou. E se o Neil foi aí pra Sampa, vamos lá dar um oi pra ele.

      Beijo! ♥

  6. Juli comentou em

    O conto A Vez de Outubro parece bem interessante!
    Xx

    S2juuh.blogspot.com

    1. É bem legal! Um dos mais leves, e ainda assim é bem inteligente :)

  7. Hey Raquel!!
    Olha, confesso que não tenho vontade de ler os livros do Neil porque sempre que penso no nome dele, imagino histórias filosóficas e cheias de entrelinhas. Gosto de ler mas não sou culta ou intelectual, rs.
    Eu vi esse livro várias vezes em promoção no Submarino, mas não me interessei.
    Lendo sua resenha sobre os vários contos, dá pra perceber que o autor vai fundo e às vezes é preciso ir além do que está escrito no papel, né? Por exemplo, o fato de a personagem Susan das Crônicas de Nárnia ser foco de um conto me pegou de surpresa! =)

    Beijos!

    1. Oi Jeh,

      Talvez você se interesse mais pelos romances dele, como O Oceano no Fim do Caminho, do que pelos quadrinhos ou pelos contos. Esse conto da Susan é bem interessante, mas tem outros que me chamaram a atenção e são mais delicados, como A Vez de Outubro. Procura um destes por aí pra ler, assim você tira a dúvida :P

      Beijo, flor!

  8. Fabiana Almeida comentou em

    Raquelzita!!!!
    Tenho os dois aqui em casa. Mas são presentes *-* para amigas/irmãs!!
    Fico com medo de dar uma espiada e “machucar” o livro…
    Na verdade li um do livro 2 ihhihhihih “Como vc acha que me sinto” tem gárgulas e tals…
    E essas capas sociedade??? O que são essas capas??
    :))

    1. Oi, Fabi!
      Hehehehe, pois é, tem uns contos bem legais. :B Acho essa capa do primeiro volume muito bonita, mas a do segundo é muito, muito legal. ♥

      Beijoo!

  9. Nossa, eu adorei demais o Coisas Frágeis, e realmente o primeiro é genial (não que o segundo seja ruim, talvez mais comedido).

    Os contos que você citou são ótimos mesmo, o Lembranças e Tesouros me deixou alguns dias bem perplexo, me questionando sobre as coisas. E quando uma obra faz isso, eu acho que ela atingiu o maior objetivo.

    Outro que também me fez ficar um pouco perturbado foi o daquele clube, de pessoas que buscam experimentar todo tipo de sabores, e buscam o Pássaro do Sol, acho que era esse o nome. A maioria das histórias tem um plot twist, que também de certa forma concerva a história, faz você querer ler ela de novo, com outros olhos.

    É realmente uma ótima obra pra se recomendar, ainda mais pra quem quer conhecer os trabalhos do sr. Neil Gaiman :)

    1. Opa! Toca aê o/

      Também gosto mais do primeiro volume que do segundo. É que aqui são mais contos, talvez, e lá são mais histórias meio de terror, hehehe. São boas também, mas gosto do que ele trouxe aqui. Lembranças e Tesouros é tenso mesmo. :x

      É o livro número 1 quando me pedem pra ler algo dele. Fiz o especial do Gaiman no blog em novembro do ano passado porque muita gente disse que achava ele difícil de ler, como se fosse “cult”, sabe? E na real as histórias dele são tão gostosas e diretas, que me vi na obrigação de desmistificar isso. Acho que consegui, muito leitor do blog começou a ler o Neil <3

      Beijo!